Em busca da diferenciação

Posted on

Lutar por novos espaços e conquistar novos clientes/consumidores sempre foi uma tarefa árdua no mundo globalizado e se torna ainda mais complexa em tempos de crise.

As notícias mostram índices de recessão, queda nas bolsas do mundo, desemprego. Mas uma pergunta surge: será que a crise não é uma grande máscara para que as grandes empresas possam justificar cortes e gestões mal administradas, falhas no gerenciamento do marketing e, consequentemente, falha na assistência aos consumidores. A crise é uma grande cortina que esconde o buraco da mesmice em que a gestão das empresas caiu. Falta criatividade em desenvolver novas técnicas administrativas e buscar a diferenciação.

Aplicando o mesmo raciocínio para uma escala menor, a diferenciação pode ser alcançada com atitudes simples, como um bom atendimento ao cliente. Como as empresas pecam na questão do atendimento! Quantas vezes você poderia ser melhor atendido e com isso tem comprado mais, ou mesmo ter voltado naquela loja?

É preciso sempre refletir sobre o atendimento. Por melhor que seja o produto ou serviço que esteja comercializando, se o atendimento for ruim, de nada vale. Pequenas atitudes como um sorriso, a simpatia do atendente, pró-atividade por parte dos funcionários, tudo é válido para diferencia-se do concorrente e ganhar a confiança e preferência do consumidor.

Não é preciso muito, apenas mudar algumas atitudes. Com certeza seus lucros melhoram, a felicidade do seu cliente aumenta e o mercado como um todo cresce. Pense nisso!