Target

Posted on

Realmente, para quem é leigo em assuntos de mercado, o termo soa estranho mesmo, mas não é de comer não!

Em mercado, quando nos referimos a target, estamos falando em público-alvo. Calma! Isso também não tem nada haver com uma competição de tiro, arco-e-flecha ou algo similar. Público alvo é você consumidor, ou seja, todos nós que diariamente consumismos alguma coisa, independente de ser um bem durável ou não. Mas alvo de quê ou quem? Já respondo: das empresas que tem interesse em oferecer/vender algum produto ou serviço. Simples assim.

Mas como o assunto aqui é mercado, citei o tema acima apenas para poder elucidar sua importância no cenário como um todo.

As empresas buscam dia-a-dia conquistar fatias de mercado, para tanto lançam mão de ferramentas de marketing, investem em comunicação, mas… (sempre tem um “mas”), muitas vezes se esquecem que estão oferecendo seus produtos e serviços para o público-alvo errado. Isso ocorre porque acreditam ser desnecessária uma pesquisa de mercado para um plano de marketing e comunicação. Dessa forma, acabam atirando na direção errada e, consequentemente, errando o alvo.

Quando a empresa conhece seu público-alvo, seus costumes, preferências, rotinas de consumo, gostos etc., ela pode focar (mirar) a ação de marketing, comunicação ou mídias e assim atingir em cheio o alvo. As chances do consumidor de procurar o produto/serviço da empresa aumentam significativamente e seus lucros também. Atirar para todos os lados é uma estratégia, mas se não tiver ninguém no caminho para acertar, você pode perder a guerra. O melhor é saber qual a direção certa, estudar bem o alvo, treinar para não errar e atirar, depois será só comemorar a vitória.